Brasil

BNDES anuncia injeção de R$ 55 bilhões na economia em meio ao coronavírus

/
151 visualizações

O BNDES anunciou hoje novas medidas para injetar até R$ 55 bilhões na economia com ajuda a empresas e pessoas físicas em meio à crise do coronavírus. Segundo o banco, esse valor representa quase o total de desembolsos feitos pela instituição em todo o ano de 2019. As medidas anunciadas durante teleconferência com o presidente

Coronavírus: ‘Estamos todos juntos nesta situação – e juntos vamos superá-la’, diz secretário-geral da ONU

/
150 visualizações

Em mensagem em vídeo nesta sexta-feira sobre o novo coronavírus, o secretário-geral da ONU, António Guterres, destacou que as Nações Unidas – incluindo a Organização Mundial da Saúde, agência líder para a resposta internacional – estão totalmente mobilizadas. “Como parte de nossa família humana, trabalhamos 24 horas por dia com os governos, fornecendo orientação internacional,

BYOD – Bring your own internet: sua empresa conhece essa nova tendência?

//
123 visualizações

O que você prefere: trabalhar no PC quadradão da empresa ou levar seu próprio notebook para o trabalho? Se você é adepto da segunda opção, também faz parte de um fenômeno chamado BYOD, ou Bring Your Own Device (traga seu próprio dispositivo). O BYOD conquistou funcionários em várias empresas do mundo por várias razões. Muitas

STF adia julgamento sobre parcialidade de Moro e mantém Lula preso

////
128 visualizações

Com os votos de Edson Fachin, Celso de Mello e Cármen Lúcia, a Segunda Turma negou a concessão de uma liminar para soltar Lula. LULA CONTINUA DORMINDO NA CADEIA. Votaram pela soltura Gilmar Mendes e Ricardo Lewandowski. Imprimir esta entrada

A farra dos cargos em comissão: Brasil cabide

122 visualizações

Quanto ao mérito da controvérsia, o relator observou que o STF já se “debruçou sobre a questão por diversas vezes”. Segundo o entendimento da Corte, a criação de cargos em comissão somente se justifica quando suas atribuições, entre outros pressupostos constitucionais, sejam adequadas às atividades de direção, chefia ou assessoramento, sendo inviável para atividades meramente burocráticas, operacionais ou técnicas. O ministro também destacou que, como esses postos são de livre nomeação e exoneração, é imprescindível a existência de um vínculo de confiança entre a autoridade nomeante e o servidor nomeado para o desempenho da atividade de chefia ou assessoramento.